jusbrasil.com.br
18 de Outubro de 2019

Turnover: reduza a rotatividade de funcionários e poupe dinheiro

Marcílio Guedes Drummond, Advogado
há 4 anos

O termo turnover é utilizado para medir o nível de rotatividade de pessoal, ou seja, a entrada e saída de colaboradores em uma empresa.

Essa é a grande preocupação (ou deveria ser) das empresas, pois a saída e entrada de pessoas impacta diretamente nos resultados, satisfação de colaboradores e na produtividade geral.

De acordo com uma pesquisa global realizada pela Robert Half, maior empresa de recrutamento especializado do mundo, realizada com 1.775 diretores de RH de 13 países, o Brasil é o campeão mundial em turnover.

Inclusive, em 2015, a rotatividade no mercado de trabalho ganhou espaço no debate político brasileiro, com a edição da Medida Provisória nº 665, que alterou as regras do seguro-desemprego e do abono salarial.

Turnover reduza a rotatividade de funcionrios e poupe dinheiro

Perder um colaborador é sempre nocivo para uma organização, ainda mais quando se trata de bons funcionários.

Além disso, outro problema é que os empresários têm que arcar com os seguintes gastos:

  • rescisão do antigo profissional,
  • despesas de seleção do novo contratado -
  • disponibilizar outro profissional para treinamento e capacitação do novo colaborador.

Assim, é fundamental evitar fatores que causam um alto índice de turnover, que estão diretamente ligados à motivação no ambiente de trabalho.

Nesse contexto, veja abaixo algumas dicas para reduzir o turnover de sua empresa:

1. Quando o colaborador pede demissão ou é demitido faça uma entrevista pessoal para saber o motivo. Questionário estruturado para ser preenchido por mera formalidade de nada adianta;

2. Compare o salário que você oferece com os de outra empresa. Muitas vezes terá a triste descoberta que está formando mão de obra para eles;

3. Sua empresa possui um plano de carreira claro? Tenha definido até onde os colaboradores podem chegar e executar essas ações, que na maioria das vezes conquistam muito sucesso;

4. Como são feitas as reciclagens/aperfeiçoamento? Solicite a apostila e participe de algum curso. Olho nisto, pois é comum mandar o funcionário participar mais de uma vez do mesmo treinamento inicial, sob a alegação de que "vamos ver se assim aprende."

5. Sua empresa tem políticas para plantão de finais de semana, feriados e horas extras? É comum escalar o pessoal com o intuito de punição. Esse é um ponto muito importante, veja se a empresa não possui "protegidos". Qual o número de faltas aos sábados e domingos? Confira também as faltas às segundas feiras (dia de procurar outro emprego).

6. Atestados médicos: confira e confirme os motivos. Não se assuste com as justificativas daqueles que vão acompanhar parentes sob a alegação de que "faltando ou não, ninguém se importa."

7. Qual o clima de trabalho na empresa? Como os supervisores e monitores de qualidade tratam os colaboradores? Eles dão feedback? Pesquise estes dados cuidadosamente.

Enfim, trate seus colaboradores com verdadeira atenção e economize dinheiro com menor rotatividade de pessoal.

Fontes: Ricardo M. Barbosa, diretor executivo da Innovia Training & Consulting; e Fundação Getúlio Vargas (FGV)

Em caso de dúvidas: mhgd.ufmg@gmail.com

Turnover reduza a rotatividade de funcionrios e poupe dinheiro

0 Comentários

Faça um comentário construtivo para esse documento.

Não use muitas letras maiúsculas, isso denota "GRITAR" ;)